Mineiro nascido em 1952 na cidade de Espinosa, dentista formado pela Universidade Federal de Minas Gerais, exerceu a odontologia por 10 anos e em 1991 partiu para o Japão, onde viveu e fez treinamento monástico por 22 anos. Em novembro de 2013 retornou para o Brasil como missionário enviado pela escola Sōtō Zen do Japão, e é considerado uma das maiores autoridades de Zen no Brasil. É o abade que dirige o Templo Zen das Alterosas.

Mokugen Sensei, abraçando o nobre sonho de fundar um templo no Brasil, com determinação e paciência dedicou esforços imensuráveis não só no treinamento espiritual, mas também na parte material para a aquisição do imóvel do templo. Durante 15 anos, incansavelmente, fez a prática do Takuhatsu (mendicância) no Japão, de onde recebeu doações do generoso povo japonês. Ele guarda uma profunda e eterna gratidão ao povo japonês, que solidariamente deu o suporte necessário para poder presentear Belo Horizonte com este belo templo Zen. 

Já foi concretizado o sonho de fundar o templo, que está em pleno funcionamento. O próximo sonho é continuar sentando Zazen junto com brasileiros, propiciando assim a possibilidade de despertar a natureza original que já existe em cada um, eliminando os sofrimentos e redescobrindo a sabedoria e a alegria de viver.

 

Mokugen-san (esq.) e Fukuyama Taihō Zenji (dir.), o superior de Eiheiji. Mokugen Sensei (esquerda) e Fukuyama Taihō Zenji (direita), o superior de Eihei-ji.

Mokugen-san no mosteiro Eihei-ji Mokugen Sensei no mosteiro Eihei-ji